segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Stronghold

Mais um título advindo do leste europeu. Stronghold é uma produção polonesa criada magnificamente pelo autor Ignacy Trzewiczek.

Aliás, façamos um parênteses para uma genial piada que cabe muito bem nesse post, trata-se da história do polonês que foi ao oculista:

*******************

Um imigrante polonês foi fazer teste de visão.
O oculista mostrou a ele um cartão com as letras:

“C Z W I X N O S T A C Z”

"Você consegue ler isto?" perguntou o oculista.
E o polonês respondeu: "Se eu consigo ler isto? Eu conheço esse cara!"

*******************

Enfim, voltando ao cerne da questão. Stronghold é um game de guerra de temática medieval. Comporta até quatro players, mas fica melhor com dois. Um faz o papel de castelo e outro faz o papel das hordas que vão invadir o local.

O game é um pouco complexo, com muitos componentes, pouco intuitivo e tem um manual meio ruim; porém, é bem interessante. Basicamente temos um sistema de turnos onde cada lado define os melhores movimentos.

O lado do bem cria soldados, fortifica as muralhas, aloca comandantes, cria canhões, salva feridos, etc sempre usando marcadores de tempo. Estes marcadores de tempo são dados ao player em função do número de ações que o inimigo fez, o que garante uma dinâmica bem interessante ao jogo.

O lado dos malvados invoca goblins, orcs, trolls, corta madeira, cria bestas, cria catapultas, faz magia negra, etc. Tudo isso baseado nos recursos de monstros e madeira.

Há uma variedade bem grande de cartas, tipos de jogo e dificuldade. É um pack portentoso que eu gostaria de jogar de novo, pois a primeira partida foi só pra dar uma geral nas regras (e o jogo, apesar de fluir bem nas rodadas subseqüentes, tem muuuuita regra).

Design primoroso. Produção nota 10 pro Stronghold e pro genial show do Metallica que eu acabei de conferir há menos de uma hora.


Imagens devidamente retiradas e creditadas ao BGG.

2 comentários:

Cacá disse...

Brincadeira... jogaste um jogão e ainda de quebra viu o show do Metallica... sacanagem... =D

Como foi no do AC/DC sai muito caro ir a SP ver qlq show, uma pena pois lí que foi fantástico mesmo...

Eu ví o show deles em 97(ou 98) aqui no Rio com o Sepultura abrindo e no solo sagrado da Gávea... foi antológico... =D

Abraços cariocas...

FuzaroBR disse...

po... o jogo tem um tabuleiro lindo... pena q as regras deixaram o brilho do jogo um pouco complexo... mas ainda sim vale uma compra...
e parabéns pela ida ao show... povão daqui do ES tava babando pra ir... mas... grana curta é tenso !