sexta-feira, 9 de maio de 2008

Mage Knight

O ano é 2001. Eu estava com alguns bons camaradas no IX Encontro Internacional de RPG olhando a loja da Devir, na época estava em dúvida se levava o livro de WRATH - THE OBLIVION, ou um set básico de algo que prometia ser um "magic de miniaturas".

Bom, o "magic de miniaturas" era Mage Knight e eu acabei levando o livro. Algum tempo depois adquiri alguns pacotes do jogo de miniaturas, porém, definitivamente esse foi um jogo que nunca me encantou.

Pra quem não conhece, é um produto da Wizards/Wizkidz, onde cada jogador monta um exército baseado em pontos. Cada miniatura tem um dial na base que conforme o jogo avança vai sendo girado e cada peça sofre modificações.

Com o passar do tempo surgiram mapas para jogar, mas inicialmente era em cima de uma mesa limpa e usava-se uma fita para medir movimentação e ataque. Isso não dava precisão ao jogo, e o fato de você ter que tirar a miniatura da mesa para girar o dial sempre dava pano pra manga pra discussão.

Joguei até a expansão "Lancers" que, se não me falha a memória, é a segunda. Vendi as minis e fiquei com algumas só de recordação e referência. Se você quiser conhecer mais desse produto e de suas muitas coleções já lançadas: clique aqui.

Um comentário:

José Dario disse...

Busque alguma informação no meu grupo de Mage Knight... Muito rolou desde a expansão "Lancers"

Vc verá que a "imprecisão" de que comentou é realcionada diretamente à inesperiência dos jogadores.

Grupo:
http://havalon.multiply.com