quinta-feira, 30 de junho de 2011

A Game of Thrones

Game of Thrones, sem dúvida nenhuma, foi o fenômeno das séries televisivas desse ano. O sucesso da série é baseada na saga épica homônima de livros criada pelo autor americano George R. R. Martin. O board game é antigo, mas no embalo do seriado nos reunimos pra jogar em um grupo de cinco pessoas este bom título.



Em Game of Thrones cada jogador comanda uma família em um reino medieval que lembra uma Europa onde os invernos podem durar anos. Os players devem fortalecer seus exércitos de guerreiros, cavaleiros e navios para conquistar a maioria de territórios no mapa e assim ganhar a partida. Logicamente, cada família segue um perfil comportamental que influencia nos poderes dentro da arena de combate (é um pretexto para cada um jogar com seus characters favoritos). Eu joguei com os Lannisters, um bando de filhos da puta de carteirinha.



O jogo usa um pouco de mecânica do Diplomacy onde todos revelam suas ações simultaneamente e seguem uma ordem de benefícios baseada em diferentes iniciativas. O fator estratégia é alto e conta com pouca sorte (não há dice rolling). Há um sistema interessante de uso de três decks de cartas para geração de eventos randomizados (ataques de selvagens, melhoria de exércitos, etc.)



A dinâmica é boa e recria o clima da série de uma maneira bem legal. Achei que a partida foi um pouco longa e há um elemento que é o "raid" que anula muitas ações e trava um pouco as possibilidades de ataques aos territórios adjacentes.



A arte é bem legal e retrata os personagens muito bem. Tks pro amigo Tola que nos apresentou mais um bom game. Pra finalizar (e pra quem não conhece) um pouquinho da série de TV:



Winter is coming!

11 comentários:

Igor Mascarenhas disse...

Eu não conhecia a história, mas amei a série e odiei o fato da primeira temporada ter somente 10 episódios. Entretanto fui fisgado pelo enredo e estou louco para jogar este game.

Fausto disse...

Só jogo se tiver o anão...ha,ha,ha

VINCE VADER disse...

AHAHAHA Tem ele sim!

Alvaro Victor Cavalcanti disse...

Pelo oq eu já vi do boardgame e do cardgame (lcg) eu prefiro o segundo. Me pareceu mais dinâmico, não curto muito brain-burners (posso estar enganado mas o boardgame pareceu um pouco assim). Eu vi os vídeos turoriais do LCG no site da fantasy flight e pareceu bem legal mesmo: http://www.fantasyflightgames.com/ffg_content/agotlcg/tutorial/player.html

Kaio A. disse...

Tenho o LCG é é bem bom mesmo. O core set é o suficiente, mas caso alguém goste de se aprofundar, existem muitas expansões pra deck building.
Estou maluco pelo boardgame faz meses, mas ta out of print, e o que se encontra por aí são usados sendo vendidos pelos olhos da cara.
Espero que Fantasy Flight relance o bg o quanto antes.

Você achou o jogo desequilibrado? Muita gente diz que os Starks por ficarem isolados no norte se tornam muito mais fortes que as outras casas, o que parece ter sido corrigido com as expansões.

Cacá disse...

Aqui no Rio somos fãs do GoT desde que ele foi lançado... Jogamos várias partidas inclusive com as expansões...

Ao que tudo indica a Fantasy Flight deve reeditar ele ainda esse ano...

Eu agora quero conhecer o LCG, parece ser bem interessante mesmo..

Abraços...

Fausto disse...

Falando nisso...vc reparou que o irmão do anão (aquele loiro que era guarda do rei) não é a cara do príncipe do Shrek 2 ????

VINCE VADER disse...

Eu curti muito mesmo esse game. Gosto do TCG, resenha aqui http://gameanalyticz.blogspot.com/2008/07/game-of-thrones.html

GamersPoA - Ubiratã Oliveira disse...

JOGÃO...brain burner sim...jogo pra se concentrar e entrar dentro...muito backstab, ameaças e risadas...
Gostamos muito aqui o ruim é fechar 5 na mesa...

VINCE VADER disse...

Concordo 100% Ubiratã!

Von der Mort disse...

Alguem ai sabe me falar onde consigo comprar qualquer um dos dois jogos que foram comentados ? Sou fãn da serie e soube esses dias da existencia dos jogos so nao to achando pra comprar.