terça-feira, 29 de junho de 2010

GAME DESIGN LESSONS: parte 1

Vou iniciar uma série de posts aqui no blog tratando do assunto Game Design. Inicio com alguns apontamentos de um livro excelente: “Fundamentals of Game Design”. Comecei a esboçar alguns posts com esse tema há um tempo atrás, mas acabei não dando continuidade; agora vai!

Espero que apreciem, comentem e façam sugestões. Iniciaremos o post 1 dessa série com alguns conceitos principais.

CONCEITOS PRINCIPAIS

Game design é um processo de:
•Imaginar um jogo
•Definir como ele funciona
•Descrever os elementos que irão compor o jogo (conceito, arte, fundamento)
•Transmitir essas informações ao time que irá produzi-lo

Componentes-chave de games:
•Core mechanics: o cerne do jogo, os desafios e ações
•Interface: como o player se relaciona com o jogo
•Storytelling Engine: o roteiro imersivo em si


Estágios de elaboração de um game:
• Ache um conceito
• Defina um público
• Determine o papel do jogador no game
• Encha de “sonhos”, transforme a experiência em algo imersivo

Anatomia de um game designer:
• Imaginação aguçada, mas focada em adaptar linguagem ficcional ao público final.
• Conhecimento técnico – o que é possível e o que não é
• Competência analítica – é bom e adequado ou não é?
• Competência matemática
• Competência estética
• Cultura geral e referencial ampla
• Capacidade esboçar idéias

8 comentários:

eduardo disse...

Grande tema!!
parabens e estarei acompanhando.

Citroën no Salão disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paulo Fassina disse...

Muito bom!

Fausto disse...

Grande Vince, vamos acompanhar atentamente....

Vai ter certificado ? ha,ha,ha

Flávio Moreno disse...

hum... isso está ficando muito bom...
vou aguardar ansiosamente!
grande abraço e obrigado por compartilhar!

VINCE VADER disse...

Galera, muito obrigado pelos comentários! Isso só incentiva a continuar a série de posts. Vou ver se faço semanal.

Buiú disse...

MANEIRO!!!

@andrehena disse...

Cara, quase com lágrimas nos olhos *.* Muito obrigado pela iniciativa cara, tá muito bom! Sem palavras pra demonstrar minha gratidão, quando bati o olho falei: "P0rr@! que f***!" Mas isso não condiz com o nível que você está apresentando aqui. Valeu mesmo mestre!